Arquivo | Descatalogados RSS feed for this section

Operação MX-1

10 maio

Os wargames assim como jogos de tabuleiro marcaram muito a minha adolescência. Primeiro foram os três que sairam na saudosa coleção Todos os Jogos da abril na década de 70 (Wuzburg, Yon Kippur e a Batalha das 4 horas). Mas na decada de 80 a grow lançou o Operação MX-1. Ele é um redesign do Tatics II da Avalon Hill. Lembro até que na epoca eu surtei quando isso vendendo numa papelaria perto de casa. Mas o tempo passou e consegui preservar ele.
Mas tinha uma coisa que nunca me agradava dele, os counters. Eles fizerem em forma hexagonal. até é original, mas o cara que bolou com certeza não deve ter testado ele, porque os danados eram ruim de manusear durante o jogo.
Pois bem, com o passar do tempo fui conhecendo outros wargames, jogos de tabuleiro e a vontade de redesenhar os counters foram aumentando. Até que um dia navegando na internet, conheci o site de John Coooper. Ele é outro fã de wargames e redesenhou dois clássicos da Avalon Hill, o Warteloo de 1962 e França 1940. Navegando naquele site ele tem o que chamo de “Tabua de salvação” para quem quer fazer counters para wargames. É o Playtest Templates. São templates para criação de counters para wargames.
Vendo isso não tive dúvidas, era a hora de redesenhar os counters do MX-1. Usei os templates dele como base para redesenhar os counters do jogo.

Playtest Counter Sheet NewO novo visual dos counters

Para baixar os arquivos basta clicar no link aqui

Anúncios

Groo – The Cardgame

14 nov

Vou começar minha contribuição postando os arquivos para o jogo GROO – The Game. Nesse jogo somos prefeitos tentando crescer nossa cidade, construindo novos prédios e melhorando nosso exército por conta dos ataques das cidades vizinhas e principalmente da fúria descontrolada do Groo, o errante.

cartas_groo

A mecânica do jogo é bem interessante, rolam-se dados que servem como produtos que são necessários para as contruções e um dado que é o de movimento para o Groo. O legal é que os dados de produtos você usa, os que não usar passam para o jogador da esquerda, que também terá direito de construir se quiser, assim em toda rodada mesmo os jogadores que não são da vez tem chances de fazer alguma coisa.

Ganha a cidade que tiver a maior soma de pontos em prédio.

Esse é um jogo de 97 que já está fora de catálogo, eu fiz uma tradução para o português baseado nos arquivos que encontrei no eMule e estavam em espanhol. A tradução do manual também foi por minha conta e nos arquivos além das cartas do set básico ainda temos a expansão (que adiciona mais cartas e deixa o jogo para até 6 pessoas) e os adesivos para personalizar os dados.

Os dados você encontra em qualquer lojinha de produtos china ou então em lojas de RPG, os adesivos para eles eu fiz nas folhas 6285 da Pimaco (que são a folha toda adesivada), o manual já está paginado para impressão frente e verso e as cartas o ideal é imprimir num papel com uma gramatura de 180 para cima, e o verso pode ser impresso tanto colorido quanto em preto e branco.

Taí o link: http://www.box.net/public/nfa4u0gynk